Violência contra a mulher


O desrespeito e a violência contra a mulher são um ranço das religiões judaico-cristãs.

Desde quando “Eva” foi considerada a responsável pela corrupção do homem, a mulher passou a ser literalmente desprezada. A ela é imputado estigma daquela que engana, que ilude e “enfeitiça” o homem.


Basta olhar como as mulheres muçulmanas são tratadas. São obrigadas a desaparecem da cena cotidiana, escondendo-se debaixo daquelas mortalhas nojentas.


Tudo isso, porque foi decidido, há centenas de milhares de anos, que o homem é o “senhor”, da mesma forma como “deus” é macho. Por que razão não se reverencia a Deusa, no lugar do deus?


Pobre humanidade que ainda se encontra presa da ignorância, dominada pelo medo da “punição divina”. Ainda se caga de medo da “ira do senhor”. Depois de muitos milhares de anos a ignorância ainda predomina maciçamente.

© 2020 por Instituto Curar Quântico. Todos os direitos reservados

  • Facebook
  • YouTube
  • Instagram